consultório

RUA BORGES LAGOA,

1070

SALA 115

(11) 4563-3475

(11) 98908-9519

Vila Mariana - São Paulo/SP

Lesão do menisco

Os meniscos são estruturas que podem sofrer lesão durante um trauma ou um simples agachamento. A lesão de menisco pode ocorrer em pacientes jovens ou idosos. Algumas lesões merecem tratamento cirúrgico. A cirurgia nesse caso pode ser a meniscectomia (retirar parte do menisco) ou o reparo/sutura do menisco (dar pontos no menisco). Infelizmente nem todas as lesões podem ser reparadas.

Os dois tipos de tratamento (meniscectomia ou reparo do menisco) são realizados por artroscopia (cirurgia por vídeo).

Ligue agora e agende sua consulta.

 

Se preferir ou tiver alguma dúvida sobre o tratamento, mande uma mensagem para o médico!

(11) 98908-9519

(11) 4563-3475

Um pouco mais sobre as lesões do menisco e tratamento...

Os meniscos são estruturas presentes no joelho que apresentam como principal função absorver o impacto e distribuir a carga que incide no joelho durante as nossas atividades de rotina bem como nossas atividades físicas. Além disso, eles protegem a cartilagem do joelho durante os movimentos. Tanto isso é uma verdade, que o paciente que tem que retirar uma parte do menisco devido alguma lesão, apresenta uma chance maior de evoluir com desgaste da cartilagem no local que antes era protegido pelo menisco. Existem dois meniscos em cada joelho: O menisco medial (na face interna do joelho) e o menisco lateral (na face externa do joelho). Existem algumas diferenças com relação à anatomia de cada menisco. O menisco medial apresenta o formato de uma letra “C” e ele é mais fixo na tíbia (osso da perna) apresentando, portanto, pouca mobilidade. Talvez por essa mobilidade reduzida e por ele absorver muita carga, o menisco medial sofre mais lesões que o menisco lateral. Já o menisco lateral apresenta um formato de um semi-circulo e tem mais mobilidade dentro do joelho. As lesões do menisco lateral são muito importantes porque retirar uma parte do menisco lateral de um paciente costuma ser pior que retirar uma parte do menisco medial. Esse fato influencia, portanto, na escolha do nosso tratamento a depender do menisco lesionado.

Menisco

Basicamente, podemos ter dois tipos de lesões no menisco: lesões degenerativas (por desgaste do menisco) e lesões por trauma. As lesões por trauma acontecem, geralmente, por um mecanismo de torção do joelho. Após essas lesões, o joelho fica levemente inchado e a dor é bastante comum, ou do lado interno do joelho ou do lado externo, dependendo de qual menisco foi lesionado. Nessas lesões por trauma, costumamos indicar o tratamento cirúrgico. Já as lesões por desgaste do menisco costumam ocorrer nos pacientes um poucos mais velhos. Esse tipo de lesão precisa ser bem avaliado porque em geral esses pacientes já apresentam também algum outro tipo de desgaste no joelho, como por exemplo o desgaste da cartilagem e não é sempre que o paciente se beneficia de uma cirurgia.

Com relação ao tratamento, muitos fatores são levados em consideração: idade do paciente, estilo de vida, tipo de lesão do menisco, local da lesão dentro do menisco e se há outras lesões associadas. Alguns pacientes mais velhos, com um estilo de vida mais sedentário e que já apresentam artrose no joelho (desgaste) muitas vezes apresentam uma lesão degenerativa de menisco medial e muitas vezes são tratados sem cirurgia.

 

O tratamento não-cirúrgico para esses pacientes equivale quase sempre ao tratamento da artrose em si. O tratamento cirúrgico apenas é indicado se o ortopedista suspeitar de que grande parte da queixa do paciente estiver vindo da lesão do menisco. Por exemplo, o paciente pode estar sentindo um bloqueio no movimento normal do joelho e pode ser que uma parte do menisco degenerado esteja causando esse problema. Nesse caso, o ortopedista pode indicar um procedimento chamado meniscectomia (retirar uma parte do menisco).

Os pacientes mais jovens vítimas de trauma no joelho e diagnosticados com lesão de menisco podem se beneficiar bastante do tratamento cirúrgico. A cirurgia nesse caso pode ser a meniscectomia (retirar parte do menisco) ou o reparo/sutura do menisco (dar pontos no menisco). O reparo do menisco, nesses pacientes, costuma ser o tratamento preferido porque o paciente não perde parte de seu menisco e continua a proteger sua cartilagem. No entanto, nem todas as lesões de menisco podem ser reparadas. Nesse caso, torna-se necessário realizar mesmo a meniscectomia parcial do menisco lesionado.

Por último, vale lembrar que os dois tipos de tratamento (meniscectomia ou reparo do menisco) são realizados por artroscopia (cirurgia por vídeo).

CONTATO

DR. LAURO COSTA

Ortopedia | Cirurgia do Joelho

CRM-SP 144455
SBOT 13878
link_edited.png
  • Instagram