Como é a cirurgia do ligamento cruzado anterior?

Entenda os detalhes da cirurgia e como é o processo de reabilitação após a cirurgia do ligamento cruzado anterior

Quais pacientes precisam operar?


A cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior é, em geral, indicada para os pacientes jovens e pacientes ativos, para aqueles que queixam-se de instabilidade (falseio) no joelho para as atividades diárias ou durante a prática de esportes e para aqueles pacientes que apresentam outras lesões além da lesão do ligamento cruzado anterior. Opta-se pela cirurgia nesses pacientes, pois são pacientes que apresentam maior risco de apresentarem outras lesões no joelho quando não operados.


Como é realizada a cirurgia?


Primeiramente, Não há necessidade de se realizar o procedimento com urgência. O ideal é esperar até que o paciente consiga movimentar bem o joelho, pois isso diminui o risco de complicações após a cirurgia. A cirurgia consiste em colocar um outro ligamento ou tendão (enxertos), que geralmente é retirado do próprio paciente, no lugar do ligamento cruzado anterior rompido. Os dois enxertos mais frequentemente utilizados são o ligamento patelar ou os tendões flexores (grácil e semitendíneo). Na cirurgia, são realizados tuneis por dentro do fêmur e da tíbia e o enxerto (que será o novo ligamento cruzado anterior) é fixado ao osso com um material específico para esse fim. A cirurgia é realizada com auxílio de uma câmera de vídeo, e recebe o nome de cirurgia artroscópica ou artroscopia. Quando, além da lesão do ligamento, o paciente tem outras lesões, como lesão de menisco ou lesão de cartilagem, essas lesões podem também ser reparadas pela artroscopia em um único procedimento.

O cirurgião que irá realizar a reconstrução do ligamento tem disponível diferentes tipos de enxerto e diferentes materiais de fixação para realizar o procedimento. De maneira geral, existem indicações específicas para usar um determinado tipo de enxerto e, portanto, o estilo de vida do paciente, sua idade e a experiência do cirurgião devem ser levados em consideração para a escolha de qual procedimento realizar. A técnica cirúrgica para reconstruir o ligamento tem algumas variações e foi sendo aperfeiçoada ao longo do tempo. A tendência hoje em dia é colocar o novo ligamento na sua posição anatômica para fornecer uma melhor estabilidade rotacional ao joelho. A escolha de determinada técnica em relação a outra também vai depender de alguns fatores que devem ser discutidos na consulta médica. Em geral, quando bem realizadas, as principais técnicas para reconstrução do ligamento cruzado anterior fornecem bons resultados clínicos ao paciente.


Como é a reabilitação após a cirurgia?


O pós-operatório é um período de extrema importância para garantir um bom resultado clínico. Após a cirurgia, o paciente não consegue a flexão (dobrar) e a extensão (esticar) total do joelho devido a dor e ao edema. Logo, o paciente deve dar início à fisioterapia para melhora da dor e ganhar novamente os movimentos normais do joelho. Quando o paciente conseguiu a reativação da musculatura do quadríceps e já está apresentando os movimentos normais, é dado início à fase de fortalecimento muscular e, posteriormente, o treino de propriocepção e retorno ao esporte. É permitido que o paciente volte ao esporte 6 a 9 meses após a cirurgia.

Outras informações sobre a lesão do ligamento cruzado anterior. Clique aqui.

Deseja marcar uma consulta com um especialista em cirurgia do joelho?

Dr. Lauro Costa

Endereço: Rua Borges Lagoa, 1070, Sala 115 (11 andar)

Telefone: (11) 4563-3475 ou (11) 98908-9519

https://www.drlaurocosta.com

12 visualizações

CONTATO

DR. LAURO COSTA

Ortopedia | Cirurgia do Joelho

CRM-SP 144455
SBOT 13878
link_edited.png
  • Instagram